Principais dicas para manter a saúde em dia

Cada vez mais as pessoas buscam hábitos saudáveis e se você é uma dessas pessoas, confira neste conteúdo as principais dicas para você manter a saúde em dia e viver com mais disposição e tranquilidade!

dicas para uma boa saúde

Dicas para uma boa saúde

Faça exercícios físicos

Uma das principais dicas para uma boa saúde é fazer exercícios físicos com regularidade (de três a cinco vezes por semana), por pelo menos trinta minutos.

Isso porque a prática reduz o risco de desenvolver câncer e outras doenças, como obesidade e pressão alta, ajuda a controlar o peso, diminui o estresse, aumenta a disposição, fortalece os músculos e muito mais!

E não é preciso fazer exercícios super “pesados” para ter resultados, uma simples caminhada, uma natação, ciclismo, pilates e yoga já são bastante benéficos para a sua saúde e ainda mantém a motivação.

Ah! E não deixe de consultar um médico antes de praticar exercícios para se certificar que não tenha nenhuma restrição.

Siga uma dieta balanceada

Aliado com a prática de exercícios físicos, é muito importante que você alimente-se bem, ou seja, inclua no se dia a dia, frutas, verduras, legumes, cereais e grãos integrais, e não abuse de alimentos ricos em sódio, açúcares e gorduras saturadas.

Além disso, não pule refeições durante o dia, pois caso faça isso, você pode não ter energia suficiente para encarar o dia com mais disposição e motivação.

Hidrate-se

Relacionado aos dois itens anteriores, é fundamental que você beba bastante água diariamente, pois manter o corpo hidratado é uma importante ação para que o organismo funcione bem.

Sendo assim, sempre carregue uma garrafinha com você e não deixe de usar o bebedouro de garrafão da sua casa, do trabalho ou de qualquer outro ambiente. Beba bastante água e se quiser variar, opte por sucos naturais e água de coco, a sua saúde agradece.

Priorize as boas noites de sono

É fato que a rotina das pessoas é cada vez mais agitada, porém, o sono não pode ser deixado em segundo plano.

Quando vamos dormir, a capacidade do cérebro em memorizar informações aumenta, nosso organismo fortalece o sistema imunológico, relaxamos a musculatura e muito mais.

Sem contar que ter um sono de qualidade também diminui o risco de diabetes, obesidade e hipertensão.

Mas então, como ter boas noites de sono? Antes de dormir, evite bebidas energéticas, como café, não assista televisão e não mexa muito no celular, jante (mas nada de refeições pesadas) e durma entre sete e nove horas.

Preocupe-se com a saúde mental

Estresse, dores de cabeça constantes, raiva, instabilidade no humor… Ninguém gosta de passar por essas situações, não é verdade? Por isso, além da saúde física, cuide da sua saúde mental, relaxe e se desligue um pouco.

Saia com a família, vá ao cinema, tome um banho mais longo, enfim, recarregue as baterias e ajude a sua saúde mental a também ficar em dia.

Hábitos nocivos: Evite-os

De nada adianta seguir todas as dicas anteriores se você tem hábitos nocivos, como beber e fumar em excesso, pois todos os seus esforços para manter a saúde em dia serão comprometidos.

Saladas na Dieta – Como Consumir sem Erro.

Ao entrar em uma dieta para obter a redução de peso e o corpo mais magro desejado, a maioria das pessoas tem em mente que devem comer muita salada com folhas verdes bem diversificadas, mas este tipo de alimentação pode esconder muitos problemas relacionados com as saladas na dieta.

E para quem deseja emagrecer comendo saladas, vamos mostrar a seguir neste artigo as principais dicas e orientações para consumir os vegetais e folhas de maneira adequada, garantindo a real perda de peso tão desejada.

salada na dieta - como consumir

Como consumir saladas na dieta

A primeira orientação se refere ao fato de que as folhas verdes são totalmente liberadas na dieta, pois além de possuírem muito poucas calorias são fontes importantes de vitaminas, minerais, fibras bem como auxiliam no controle da glicose, colesterol e no melhor funcionamento do organismo.

Nos dias frios o mais interessante é fazer saladas com hortaliças assadas, grelhadas ou cozidas como brócolis, couve-flor, abobrinha, tomate, berinjela e outros sendo que nunca devem ser usadas frituras destes alimentos.

Os acompanhamentos de saladas que muitas vezes podem ter uma grande quantidade de calorias devem ser escolhidos de forma bem criteriosa evitando pães e os famosos croutons que tem um valor calórico e glicêmico bem elevado.

Já os molhos para serem usados na ingestão das saladas também devem ser escolhidos de maneira criteriosa evitando aqueles que possuem elevados níveis de gordura como o creme de leite, os que contêm queijo, rose e do tipo ceasar.

No caso dos molhos, a melhor opção são os caseiros com componentes naturais e igualmente leves como os integrantes de sua salada para garantir os resultados desejados com a sua dieta.

Também utilize sempre temperos naturais como: orégano, pimenta do reino, cúrcuma (açafrão da terra), sal rosa e ervas finas. Evite os temperos à base de glutamato, que só faz mal à saúde.

Assim, por meio destas orientações e dicas mostradas neste texto é possível conseguir consumir as saladas na dieta com toda a tranqüilidade e sem o perigo de que os resultados desejados sejam prejudicados.

Veja também: alimentos que queimam calorias.

Benefícios da Caminhada para Emagrecer

0…15…20 minutos correndo e os outros 40, andando e caminhando como se não houvesse amanhã, certo?

Caminhar faz bem para o corpo e para a mente, ambos trabalham em conjunto, liberando dezenas de substâncias e garantindo, consequentemente, boa forma e uma vida mais saudável.

Mas, quais serão os benefícios da caminhada para emagrecer, perder aquela gordurinha indesejada e aqueles quilinhos a mais?

Veja também:

Motivação para treinar

Benefícios da Caminhada

A caminhada sempre foi proposta pelos médicos que cuidam de nossa saúde. A pessoa que quer perder peso tem de ter em mente que apenas caminhar não irá fazer muita diferença.

O exercício físico tem de estar atrelado com uma dieta balanceada. Além disso, é importante procurar um médico para estipular aonde você quer chegar: metas e planos para o futuro.

Sabia que a caminhada melhora a circulação sanguínea e a oxigenação do corpo? Fazendo a caminhada como seu esporte diário, formando uma rotina, faz com que suas veias e artérias se expandam, melhorando a circulação do sangue.

Além disso, ajuda uma melhor oxigenação, devido sua respiração acelerada durante os movimentos e o maior bombeamento de sangue.

benefícios da caminhada para emagrecer

Mais benefícios da caminhada para emagrecer

Outro benefício é o seu pulmão. Ele fica livre de impurezas indesejadas: catarro e poeiras, melhorando sua saúde pulmonar e evitando aquela dor de garganta irritante ou aquele resfriado.

Há estudos que garantem que a caminhada previne a bronquite também! E sim, você emagrece muito: seu metabolismo se acostuma com sua rotina, provocando liberação de endorfina (relaxamento e prazer) na hora da caminhada. É uma ótima opção para quem quer perder gorduras localizadas.

Adivinha: caminhando 15 minutos por dia, você nega uma barra de chocolate, devido à liberação do hormônio e a sensação de bem estar, isto é, você fecha a boca e continua emagrecendo!

Caminhar faz muito bem e, além da queima de calorias, há vários benefícios da caminhada para emagrecer! Não pense, caminhe!

wellnesssolutions4u.info

Kettlebell: atividade para emagrecer e ficar mais bela

As academias de ginástica oferecem a cada dia que passa uma quantidade sempre maior e mais variada de atividades físicas que podem ser feitas para que o corpo fique mais enxuto e bonito sendo que nesta busca incessante o mais novo aliado é chamado de Kettlebell.

O Kettebell consiste, de maneira geral, na realização de uma série de atividades com um haltere diferente que possui alças o qual permite com esta forma mudar o centro de gravidade do corpo por várias vezes.

Por isso, permite o trabalho de todos os grupos musculares envolvidos no movimento ao mesmo tempo para buscar a estabilidade entre o aparelho e o corpo demandando, por isso, um pequeno tempo de apenas 30 minutos para a sua realização.

Para você que gostou da novidade e quer mais informações sobre a prática do Kettebell vamos mostrar a seguir como é a aula e os seus principais benefícios para o corpo.

kettlebell

Como funciona o Kettebell

A aula com o Kettebell dura 30 minutos sendo feita com um aparelho de no mínimo 3 quilos e possui quatro partes distintas. A primeira, chamada de Swing, realiza uma série de movimentos do tipo pêndulo na região do quadril.

A segunda parte, conhecida como Clean, faz com que o peso seja levantado da linha do quadril até a região do peito. No terceiro momento da aula, tido como Push Press, o haltere do Kettebell deve ser erguido do peito até a cabeça fazendo com que o braço fique todo estendido.

E por último vem a fase do Snatch que reúne em um pequeno intervalo de tempo todos os movimentos feitos antes na aula sem intervalos de tempo ente eles.

Com esta dinâmica de funcionamento, a prática do Kettebell permite a queima de aproximadamente 300 calorias por aula realizada além proporcionar a tonificação das pernas e glúteos, aumento da massa muscular bem como diminui a gordura abdominal e fortalece os músculos trabalhados.

Veja também:

Motivação para treinar

Assim, se você gostou e quer fazer também aulas de Kettlebell para ficar mais magra e linda é indicado realizar esta atividade 3 vezes por semana intercalando com outros exercícios como corrida e yoga.

Por Que as Pessoas Engordam

Você está acima do peso? Sinto muito para ser franca, mas isso é provavelmente uma grande verdade: a maioria dos adultos que vivem em países ocidentais estão com sobrepeso e uma grande parte é obesa.

Metade do que está com sobrepeso, está tomando pelo menos um medicamento  prescrito, metade dos idosos estão a tomar pelo menos três medicamentos, espero que você não esteja, mas provavelmente, você conhece alguém.

Isto soa normal? Quer dizer, são as doenças crônicas e a obesidade perpétua o nosso estado normal de existência? É a nossa fiação tão inerentemente e defeituosa, que não podemos nos manter vivos sem pílulas e médicos?

NÃO! Absolutamente não. Nem sempre foi assim, você sabe.

A primeira grande virada aconteceu com a Revolução Agrícola. Há cerca de 10.000 anos atrás, quando ex-caçadores-coletores começaram a cultivar e colher as sementes de grãos puro, linhas de colheitas organizadas, e o pior  aconteceu…A população explodiu de alegria, porque naquele momento tinham uma constante fonte de calorias. As vilas e cidades surgiram, porque já não tinham mais a obrigação de seguir de acordo onde estava a comida, poderiam simplesmente plantar e colher onde moravam.

Soa bem, alimento e abrigo, certo?

Bem, também aconteceu outra coisa, esses primeiros agricultores eram mais curtos do que os caçadores-coletores que eles substituíam,  eles não viviam tanto tempo, tinham cérebros menores, tinham muito mais doenças infecciosas e mais cavidades( espaços côncavos no interior de um órgão).  Em suma, eles não eram tão saudáveis ​​como os caçadores-coletores, eles tinham os mesmos genes, os mesmos Homo sapiens, ambiente diferente, e uma saúde pior.

Mas espere – grãos integrais são supostamente saudáveis, certo? Cada instituição governamental recomenda que os grãos integrais são uma grande parte da nossa dieta. Como poderia a agricultura de grãos ter causado todos esses problemas de saúde nos nossos antepassados?

O problema sobre grãos é que eles não se importam com você. Pense nisso: um grão de trigo é uma plantinha.  Em ordem para que o trigo passasse para os seus genes, seus grãos deveriam brotar no chão, crescer e repetir o processo. Assim como uma galinha mantém seu ovo quente e bem protegido até que choque, o grão necessita de cuidados para se manter protegido por este processo e para manter que outros animais o comam.

Infelizmente para o pobre do grão, ele não tem pernas, dentes, asas ou garras. Ele não pode lutar. Ele não pode fugir dos predadores. Parece absolutamente indefeso, apenas sentado ali em uma haste insignificante de trigo, rs, adoro acabar com o trigo, no meu livro Revolução Paleo, falo um capítulo inteiro sobre ele!

O grão não é nada indefeso, no entanto. Ele tem uma série de defesas químicas , incluindo várias lectinas , glúten , e ácido fítico, que interrompem a sua digestão, causa inflamação e impede de absorver nutrientes e minerais vitais.

Todos os grãos contêm alguns ou todos desses anti-nutrientes, em diferentes graus, por isso, quando nossos ancestrais começaram a fazer suas refeições regulares, sua saúde sofreu em conformidade.

Ok – então nós temos os registros fósseis para provar que a agricultura de grãos trouxe doenças e uma saúde de araque para as populações humanas, mas não sabemos se esses primeiros fazendeiros eram obesos. Eles provavelmente não foram. Mesmo se você olhar para fotos de americanos da década de 1930 através dos anos 60, quase todo mundo é fino. Como é isso?

Por Que as Pessoas EngordamPor Que as Pessoas Engordam

Vamos continuar…., o desastre não para por ai!

Isso me traz ao segundo turno: o final de 1970. Até então, a taxa de obesidade nos Estados Unidos tinha permanecido relativamente constante em cerca de 12% da população adulta. Não é excelente, mas não muito ruim para uma sociedade afluente, com fácil acesso aos alimentos.

A partir do início dos anos 80, as coisas mudaram. As taxas de obesidade começou, uma subida constante  até hoje, onde quase 30% da população adulta é obesa e 70% tem excesso de peso e / ou obesidade. 1 em cada 3 adultos americanos é obeso. Mais de 2 em 3 estão com sobrepeso. Será que isso parece certo?

Que danado aconteceu então???

A mania da dieta de baixa gordura explodiu, as pessoas foram informadas de que gordura e o colesterol irião matá-los, (com base em uma terrível ciência, depois irei falar sobre isso) e que iriam torná-los gordos.

Assim, para evitar toda a gordura, eles começaram a comer mais e mais grãos, carboidratos e outros alimentos de baixa gordura, a maioria processados ​​.

A outra coisa sobre grãos (e carboidratos em geral) é que eles aumentam os níveis de insulina do seu corpo. A insulina é necessária para o transporte de nutrientes, como os carboidratos e as proteínas, em várias células do corpo.  Você come carboidratos e a insulina “se acerta” com eles, mas se você come muitos carboidratos* (como era recomendado) com baixo teror de gordura, açúcar elevado processados e sem exercício,  chega a um nível insano, seu corpo bombeia muita insulina e você começa a ter resistencia à insulina.

Nota: *Nesse caso, era uma recomendação do governo dos Estados Unidos, o que eles faziam eram campanhas apoiando a ingestão de grãos e alimentos com baixo teor de gordura, pobre de nós!!!

Quando você é resistente à insulina, qualquer quantidade de hidrato de carbono não é tolerado. Ele vai se transformar em gordura corporal, e quanto mais gordura corporal você tem, mais resistente à insulina você se transforma. Quanto mais resistente à insulina você é, menos nutrientes estão sendo empurrados em suas células, o que significa que você vai ficar com fome, mesmo que você esteja comendo, e daí você come ainda mais carboidratos os quais você não pode tolerar. É um ciclo vicioso, você vê, e isso levou à confusão em que estamos hoje!

Para tornar as coisas ainda pior, e pode? Rs, muitos dos carboidratos que estamos comendo agora, vêm na forma de açúcar , ou é mais barato, a alternativa mais difundida, de alta frutose com xarope de milho. Ambas as formas de açúcar são ricas em frutose , que o fígado transforma em glicogênio , um tipo de energia à base de carboidrsaudatos, até que seus estoques de glicogênio estão cheios. Esses estoques de glicogênio enchem-se rapidamente, e uma vez que a maioria das pessoas não está usando qualquer glicogênio ( difícil fazer isso quando você tem que trabalhar no escritório ou ficar sentado no trânsito o dia todo), é que a frutose se transforma em gordura no fígado.

Uma dieta rica em açúcar e grãos refinados e pobre em gordura, tem gerado a esta população de obesos que vemos hoje em dia. Essa é a má notícia. A boa notícia é que a resolução do problema – pelo menos em um nível individual – é fácil.

Tudo que você tem a fazer é seguir a Lei dos 10 mandamentos- “Evite coisas venenosas.” Hum? As coisas venenosas são essas toxinas que os grãos usam para se defender?

Veja também:

Como emagrecer se Alimentando bem?
Motivação para treinar